Histórico

A Associação Brasileira de Vendas Automáticas – ABVA é uma entidade sem fins lucrativos. Criada em maio de 2000, representou um marco fundamental na história do Vending no país. Pela primeira vez o setor constitui oficialmente um porta-voz a altura de seus interesses.

Sua atuação busca sempre contribuir para o desenvolvimento econômico de cada empresa e do setor como um todo.
Agrega em seu quadro de associadas o mais importantes empresários de Vending & OCS do Brasil – Operadores; Fabricantes; Importadores e Distribuidores de Equipamentos e Acessórios; Fabricantes e Fornecedores de Produtos e Insumos; Prestadores de Serviços, entre outros – somaram esforços para promover ações comprometidas com o aprimoramento da ética, da qualidade e da competitividade no setor.

Seu objetivo é desenvolver as atividades que mais contribuem para o crescimento do mercado de vendas automáticas no Brasil.

A crescente globalização da economia mundial e a extrema dependência dos produtos importados fizeram com que a ABVA se estendesse para além das fronteiras nacionais. Atualmente, a associação conta com empresas norte-americanas e européias, entre seus membros. Além disso, mantém estreito intercambio com as maiores associações de Vending internacionais: NAMA (Estados Unidos), EVA (Europa) e JVMA (Japão) entre outras. Desta forma, está sempre por dentro de tudo o que se discute no setor, sendo o elo Internacional para referencia de normas técnicas, legislação, tendências do mercado, entre outros.

As intenções da Associação são de melhoria de condições para aquisição de máquinas, melhoria de comunicação, integração e divulgação do setor, solução de dificuldades práticas e profissionalização do mercado.

Com o apoio e parceria com Sebrae e Senai, a ABVA desenvolve ainda módulos para Cursos Técnicos Profissionalizantes e uma Cartilha Orientativa para Novos Empreendedores de Vending.

As autoridades também reconhecem na ABVA seu principal interlocutor para as delicadas questões que envolvem o segmento. Sendo a ABVA interlocutor oficial junto ao Banco Central para assuntos relativos à leitura eletrônica do meio circulante. Tendo seu comitê envolvido no atual estudo para substituição de todo o meio circulante.

A ABVA realiza a EXPOVENDING & OCS, este é o maior evento da América Latina no Mercado de Vending Machine e Office Coffee Service, onde são apresentadas novidades direcionadas para o mercado de vending; equipamentos, acessórios, alimentos, bebidas, tecnologia entre outras. No decorrer desta feira são realizadas conferencias totalmente voltada para as necessidades concretas dos profissionais da área; orientação sobre normas, análise de novas tecnologias, entre outras.

Devido a seu trabalho competente e á seriedade de suas ações, a ABVA tem conquistado cada vez mais credibilidade perante o mercado de Vending. Também junto aos empresários do segmento a ABVA se firmou como uma entidade atuante e verdadeiramente representativa. Diariamente a entidade é procurada por diversos empresários que buscam informações sobre como ingressar na atividade. Estes encontram todos os dados de que necessitam.

Além do trabalho de atendimento personalizado, a ABVA chega ao seu público através de sua assessoria de imprensa e de seu site www.abva.com.br. Um dos focos da entidade é a qualidade das informações que transmite aos empresários do setor.

JUNTE-SE A NÓS, FAÇA DA ABVA  SUA VOZ.

O MERCADO DE VENDING MACHINES E VENDING SERVICES

Mundo: O mercado mundial de vending machines é cada ano maior, basta olhar os números existentes em paises como Estados Unidos, Japão e alguns paises europeus, para constatar os milhões de vending machines colocamos à disposição do público, na distribuição dos mais variados tipos de produtos e serviços. Estima-se que o faturamento anual já sugere 250 bilhões de dólares.
Nos paises em desenvolvimento, o crescimento deste mercado chega a índices de 20% ao ano. Todos os dias, novos usuários são vistos utilizando-se das vending machines nos mais remotos cantos do mundo e continuamente são desenvolvidas novas aplicações para Elas. As perspectivas no mercado mundial são cada vez melhores, com a redução dos custos dos equipamentos e através do acesso as novas tecnologias que facilitam seu uso (cartões, celular, etc).

Brasil: Estima-se que o mercado brasileiro opere atualmente com 45.000 vending machines, gerando um faturamento anual aproximado de 250 milhões de reais. O mercado vem experimentando um volume crescente de oportunidades de negócios, demandas principalmente pelas inovações e a difusão do uso das vending machines tradicionais. O potencial de crescimento é enorme tendo em vista a familiarização do brasileiro com o uso de máquinas nas mais variadas aplicações, e especialmente pela visão de negócios que elas proporcionam, pois passamos do estágio inicial de mera curiosidade, para um estágio de expansão, onde vending machines são colocadas como um canal contínuo de distribuição e vendas de produtos diretamente aos consumidores, agregando agilidade, higiene, conveniência e muitas outras vantagens peculiares ao sistema, já reconhecidas por consumidores individuais e institucionais.

Número habitante por de vending machine:

País: Japão
Habitantes: 48
Crescimento Médio/ano: 2%

País: Estados Unidos
Habitantes: 90
Crescimento Médio/ano: 3%

País: Alemanha
Habitantes: 401
Crescimento Médio/ano: 5%

País: Brasil
Habitantes: 4150
Crescimento Médio/ano: 10%

CURIOSIDADE

O MERCADO DE VENDING MACHINES E VENDING SERVICES

Instrumento Mecânico acionado por moedas foi o ancestral das modernas Vending machine.
Você sabia que o equivalente à água benta atual costumava ser taxado pelos povos da Antiguidade há mais de dois mil anos.? Uma das mais brilhantes do período, o inventor matemático Heron de Alexandria, desenvolveu no ano de 215 a.C. um aparelho mecânico acionado por moedas destinado a automatizar o processo. Estava criado o conceito vending machine. Seu funcionamento era simples e engenhoso. O peso da moeda movimentava uma pequena alavanca, abrindo uma válvula e permitindo a saída da água. A seguir, a moeda mergulhava no interior do vaso e a válvula retornava à sua posição original, interrompendo o fluxo.